PolíticaTodasProjeto de lei prevê fim de visita íntima em presídios de São Paulo

Redação Redação11 de fevereiro de 2020
https://i2.wp.com/portal.maistupa.com/wp-content/uploads/2020/02/cela.jpg?fit=1200%2C675&ssl=1

O deputado estadual Gil Diniz (PSL-SP) apresentou nesta terça-feira (11) um projeto de lei que prevê o fim da visita íntima nas penitenciárias do Estado de São Paulo. “Prisão não é hotel, tampouco motel”, afirmou o parlamentar.

De acordo com o projeto, entende-se por visita íntima “aquela realizada fora dos pátios destinados para este fim, sem monitoramento dos servidores da unidade prisional”. Em seguida, acrescenta que será permitida, exclusivamente, “visita íntima na situação em que o preso seja declarado como réu colaborador ou delator premiado”.

Diz argumenta que a visita íntima “é um dos meios pelos quais o crime organizado repassa mensagens para seus asseclas e permite que seus integrantes tenham direito a visita de prostitutas que se cadastram como companheiras”.

 





Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso.


Comentários

Contato (14) 3722 8957 Endereço Rua Cherentes, 250 - 11° andar - sala 113. Tupã-SP Cep 17.600-090 e-mail: [email protected]

Enable referrer and click cookie to search for activated