CotidianoTodasCaso Emanuelle: homem preso por matar menina a facadas foi condenado pelo homicídio do irmão em 1988

G1 G115 de janeiro de 2020
https://i0.wp.com/portal.maistupa.com/wp-content/uploads/2020/01/acusado.jpg?fit=1200%2C675&ssl=1

O suspeito de matar com 13 facadas a menina de 8 anos que desapareceu enquanto brincava em uma praça na sexta-feira (10), em Chavantes (SP), já tinha passagem pela polícia por homicídio, segundo a Polícia Civil.

O corpo de Emanuelle Pestana de Castro foi encontrado na noite de segunda-feira (13) em uma área de mata na Fazenda Santana Nova depois que o suspeito Agnaldo Guilherme Assunção, 49 anos, confessou que matou a menina e apontou o local do corpo.

Segundo o delegado Antônio José Fernandes Vieira, Agnaldo já havia sido condenado e cumpriu pena em 1988 por ter assassinado o irmão.

“Ele tem uma condenação anterior, totalmente cumprida, do ano de 1988, por homicídio. Em uma briga de família ele assassinou o irmão”, afirma o delegado.

Pela morte de Emanuelle, Agnaldo foi preso em flagrante e será investigado por homicídio qualificado e ocultação de cadáver. Ele teve a prisão preventiva decretada.

Ele relatou, durante depoimento à polícia, que matou a menina por vingança contra a mãe dela. Segundo ele, a mulher não deixava a menina brincar com o enteado dele. No entanto, essa versão dos fatos é questionada pela polícia.

Emanuelle foi velada por parentes e amigos na terça-feira (14) e enterrada no Cemitério Municipal de Chavantes.





Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso.


Comentários

Contato (14) 3722 8957 Endereço Rua Cherentes, 250 - 11° andar - sala 113. Tupã-SP Cep 17.600-090 e-mail: [email protected]

Enable referrer and click cookie to search for activated
error: Content is protected !!