RegiãoTodasHomem se emociona com atitude de cão que passou a noite na porta de hospital à espera dele: ‘Não me larga’

G1 G110 de janeiro de 2020
https://i2.wp.com/portal.maistupa.com/wp-content/uploads/2020/01/cachorro.jpg?fit=1200%2C675&ssl=1

A cena de companheirismo que encantou os moradores de Iacanga (SP) é resultado de uma amizade de longa data. Pitoco, como é chamado, passou a noite na porta do hospital onde o dono precisou ser internado, nesta quarta-feira (8).

O cão pertence ao morador Nelson Francisco Cardoso. AoG1, ele contou que Pitoco é seu amigo há anos e não se desgrudam mais.

“Eu e o Pitoco estamos juntos faz tempo. Conheci ele em uma carroça de verduras pela rua. Desde então, ele não me larga mais”, comenta.

Após o susto, o idoso foi liberado e se recupera. “Apareceu um ferida no meu braço, estou tratando com antibióticos e está tudo bem”, conta.

Dono de cachorro que o esperou na porta do hospital se emociona: 'Acostumou comigo' — Foto: Arquivo Pessoal/Sérgio Mattos

O motorista de ambulância Sérgio da Matta afirmou que Nelson está sempre pelas proximidades do hospital.

“Até onde sabemos, ele tem casa, mas vive andando pelas redondezas do hospital. Ele está sempre com o Pitoco”, ressalta.

A enfermeira que estava presente no hospital, Cinthia Caldas, contou que outros enfermeiros também admiraram a situação em frente ao hospital.

“Ficamos olhando o cachorro correr atrás da ambulância por causa do dono. Depois ele ficou a noite toda em frente ao local esperando ele ter alta”, comenta.

Espera

Cachorro passa noite na porta de hospital após dono ser internado em Iacanga (SP) — Foto: Arquivo pessoal/Sérgio da Matta

Cachorro passa noite na porta de hospital após dono ser internado em Iacanga (SP) — Foto: Arquivo pessoal/Sérgio da Matta

O motorista da ambulância da qual Nelson foi resgatado disse que assumiu o plantão na manhã de quarta-feira (8) e foi avisado por outro plantonista que o cachorro estava no local desde o dia anterior, esperando o dono receber alta.

“Ele estava com a pressão alta e, até a hora que eu saí de lá, ainda não tinha abaixado a pressão e o cachorro ainda estava lá”, lembra Sérgio.

De acordo com o motorista, o cachorro chegou a entrar correndo no hospital e teve que ser retirado pelos funcionários. Quando o motorista chegou pela manhã, ele decidiu ir buscar água e ração para o bichinho no almoxarifado da prefeitura.

“Eu fiquei com dó. Ele estava até agora lá, sempre na porta”, completa Sérgio.





Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso.


Comentários

Contato (14) 3722 8957 Endereço Rua Cherentes, 250 - 11° andar - sala 113. Tupã-SP Cep 17.600-090 e-mail: [email protected]

error: Content is protected !!