RegiãoTodasPadre é afastado depois de abençoar união homoafetiva em Assis.

G1 G112 de dezembro de 2019
https://i0.wp.com/portal.maistupa.com/wp-content/uploads/2019/12/pe-assis.jpg?fit=1200%2C675&ssl=1

O padre Vicente Paula Gomes foi afastado de suas funções na igreja católica, nesta quinta-feira (12), depois de abençoar um casamento entre dois homens, no último sábado (7), em uma chácara de Assis (SP).

Segundo o documento divulgado pela Diocese, o decreto de medida cautelar foi baseado no Código Canônico e considera “acusações graves” implicando o cânone. O registro foi assinado pelo Dom Argemiro de Azevedo, bispo diocesano de Assis.

Diocese de Assis divulgou um documento comunicando o afastamento do padre nesta quinta-feira (12) — Foto: Diocese de Assis/Reprodução

Durante a cerimônia, o padre defendeu o direito do casal ser considerado uma família e abençoou a união entre os dois homens.

“Achamos que lar basta ter um homem e uma mulher. Família não é só isso. Nuclear uma família significa criar condições para uma vida digna. Por isso, é com alegria que estou aqui”, disse o padre durante a cerimônia.

O padre também admitiu que estava nervoso em celebrar o casamento, já que era a primeira vez que ele dava a bênção para um casal homoafetivo.

“Já estou até pensando no que o Dom Argemiro vai falar segunda-feira, mas a bênção não me diminui, nem vai diminuir a igreja, nem vocês”, garantiu o padre.

O documento da Diocese diz que o padre ficará suspenso até o fim dos procedimentos que avaliam a postura dele dentro dos preceitos da igreja. O G1 tentou entrar em contato com a padre Vicente Paula Gomes, mas não obteve retorno.





Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso.


Comentários

Contato (14) 3722 8957 Endereço Rua Cherentes, 250 - 11° andar - sala 113. Tupã-SP Cep 17.600-090 e-mail: [email protected]

error: Content is protected !!