PolíciaTodasAcusado de matar travesti tupãense é preso pela DIG de Marília quando tentava suicídio

Marilia Noticias Marilia Noticias10 de dezembro de 2019
https://i1.wp.com/portal.maistupa.com/wp-content/uploads/2019/12/homicidio-marilia3.jpg?fit=1200%2C675&ssl=1

A Delegacia de Investigações Gerais (DIG) prendeu na tarde desta terça-feira (10) um homem de 44 anos acusado de matar uma travesti em Marília.

O corpo foi encontrado na manhã de hoje em uma propriedade rural próximo da Rodovia Rachid Rayes (SP-333). A vítima era uma travesti que usaria o nome social de Marcelle Brandina. O nome de registro é Rafael Felipe Aparecido Moreira, que tinha 23 anos, segundo boletim de ocorrência.

Segundo o delegado da DIG, Valdir Tramontini, as investigações iniciaram logo após o encontro do corpo e em contato com amigos e familiares da vítima foi possível identificar os locais em que ela teria estado nesta segunda-feira (9).

“Nós acabamos apurando que ela [Marcelle] teria estado por volta de 16h em um motel em Vera Cruz. E identificamos a pessoa que esteve com ela ontem à tarde. É um homem de 44 anos que mora em uma cidade vizinha”, disse o delegado.

O homem foi localizado pelos investigadores no meio do mato com uma corda no momento em que tentava suicídio.

“Ele alega que manteve esse relacionamento com o Rafael, conhecido como Marcelle, e disse que a vítima teria passado a extorqui-lo ameaçando revelar o caso. Ele afirmou que perdeu a cabeça, aplicou um mata-leão na vítima, colocou o corpo no carro, saiu do motel e abandonou Marcelle no local que foi encontrada nesta terça”, explicou Tramontini.

Os fatos teriam acontecido no final da tarde de ontem e no período da noite, o acusado voltou ao motel com um mototaxista para pegar o automóvel da vítima que foi abandonado em frente ao Samu.

Apesar das primeiras informações narrarem que o corpo tinha um sinal de tiro nas costas, o delegado afirmou ao Marília Notícia que não teria visto a perfuração e que o assassino afirmou que matou a travesti por asfixia. O laudo necroscópico vai confirmar a causa da morte.

O delegado pediu a prisão temporária do homem à Justiça e se o pedido for acolhido ele será encaminhado à Cadeia de São Pedro do Turvo.





Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso.


Comentários

Contato (14) 3722 8957 Endereço Rua Cherentes, 250 - 11° andar - sala 113. Tupã-SP Cep 17.600-090 e-mail: [email protected]

error: Content is protected !!