PolíticaTodasAudiência Pública discutiu alterações no Plano Diretor de Tupã.

Redação Redação4 de dezembro de 2019
https://i0.wp.com/portal.maistupa.com/wp-content/uploads/2019/12/audiencia-publica5.jpg?fit=1200%2C675&ssl=1

Cerca de 60 pessoas compareceram na manhã de ontem, à audiência pública convocada pelo vereador Amauri Mortágua para debater as mudanças propostas pelo projeto de lei complementar (PLC) apresentado pelo parlamentar, que flexibiliza o cumprimento de algumas normas do Plano Diretor com o objetivo de incentivar a expansão empresarial na cidade.

Estiveram presentes os secretários municipais de Planejamento, Obras e Trânsito, Valentim Bigeschi; de Cultura e Turismo, “Duda” Gimenez; e de Desenvolvimento Econômico, Eduardo Edamitsu; o presidente do Sincomércio, Milton Zamora, além dos vereadores Osmídio Castilho, Gilberto Neves Cruz, Antonio Carlos Meirelles, Renan Victor Pontelli, Paulo Henrique Andrade, Israel “Tutu” Velloso Neto e Antônio Alves de Sousa.

Entre os participantes, ainda, ambientalistas, arquitetos, professores universitários da Unesp e Faccat. A audiência foi transmitida ao vivo pela TV Câmara e gravada pela emissora, para que as sugestões relacionadas ao PLC sejam analisadas e, se for o caso, passem a compor o projeto.

O autor do PLC fez uma explanação das alterações propostas ao projeto original. “O projeto amplia a flexibilização, que hoje existe apenas para a Avenida Tamoios e as ruas Aimorés e Marília, para outras áreas de atividade econômica do município, facilitando a expansão do empreendedorismo para várias regiões e reduzindo, por exemplo, a possibilidade de elevação exagerada de aluguéis nestas três vias”, detalhou Amauri Mortágua.

Para buscar esta ampliação nos setores de interesse econômico e oferecer a possibilidade de se criar novas áreas em pontos mais afastados do centro, o projeto de lei complementar relaciona 36 novas vias, tornando mais fácil a criação de novos empreendimentos.

Na sequência, o secretário Valentim Bigeschi falou sobre o Plano Diretor e seu foco em regulamentar a expansão urbana de Tupã. A audiência foi encerrada com a participação de cidadãos que apresentaram seu ponto de vista com relação ao PLC apresentado por Mortágua. ”Algumas das opiniões e críticas apresentadas dizem respeito ao Plano Diretor e não ao projeto. As ideias relacionadas ao PLC serão analisadas por uma comissão e, se for o caso, colocadas em prática. Este tipo de participação popular é fundamental”, concluiu Mortágua.

Fotos: Diego Pereira – Mais Tupã!





Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso.


Comentários

Contato (14) 3722 8957 Endereço Rua Cherentes, 250 - 11° andar - sala 113. Tupã-SP Cep 17.600-090 e-mail: [email protected]

error: Content is protected !!