SaúdeTodasParques Tabajaras e Guanabara atingem maior infestação de Aedes em outubro

Redação Redação1 de novembro de 2019
https://i2.wp.com/portal.maistupa.com/wp-content/uploads/2019/10/dengue.jpg?fit=1200%2C675&ssl=1

Apesar da intensificação nos trabalhos de combate à dengue, no mês de outubro, os Parques Tabajaras e Guanabara, localizados na Zona Sul do município, atingiram o índice de infestação do “Aedes aegypti” de 5.71, sendo o maior número de todo o município.

De acordo com o chefe do Setor de Endemias, Marco Antônio de Barros, em relação aos índices do mosquito encontrados em outros pontos da cidade, o número de 5.71 na Zona Sul da cidade é alarmante.

“Em outras regiões, a presença do Aedes está bem menor. Por exemplo, o Jardim Santa Adélia conta com 2.19, já a Vila Abarca com 1.22. Isso não pode acontecer, e contamos com a colaboração de toda a população”, explicou.

Marco destacou que durante uma das visitas rotineiras realizadas pela equipe de Endemias, foram encontrados 21 focos espalhados entre as residências dos dois bairros. “Durante as visitas de Controle de criadouros na Zona Sul da cidade, os agentes visitaram 368 imóveis residenciais, onde encontraram focos do mosquito em 2 ralos de garagem, 4 vasos de planta, 4 potes, 2 regadores, 7 latas e 2 vasos sanitários”, informou.

O chefe do setor de Endemias reforçou que para evitar novos focos do mosquito, a prefeitura está redobrando a atenção e intensificando a busca e eliminação de criadouros nos dois bairros.

“Além da atenção redobrada, nossos agentes estão orientando os moradores para que eles encontrem e eliminem esses criadouros. A única maneira efetiva de combater a dengue é eliminar os possíveis focos, pois deste modo quebra a cadeia de transmissão. Por isso, gostaria de pedir a colaboração da população para erradicarmos de vez a dengue de Tupã”, concluiu.

           

Intensificação

Marco informou que o trabalho de combate à dengue é planejado de acordo com as regiões prioritárias. “Discutimos as regiões que devem ser priorizadas com os supervisores de equipes, e então direcionamos os trabalhos de forma precisa e eficiente. Por exemplo, no mês de outubro realizamos o maior número de visitas dos últimos 18 meses, onde 11.656 imóveis foram visitados. Durante o mesmo período em 2018, apenas 7.946 visitas foram realizadas”, disse.

Divulgação de bairros com maior índice de infestação

A divulgação dos bairros com o maior índice de infestação do mosquito da dengue é recomendada pelo Ministério da Saúde. Segundo o Art. 1º da portaria nº 29, de 11 de julho de 2006, caracteriza-se como situação de iminente de perigo à saúde pública, quando a presença do mosquito da dengue for constatada em 1% ou mais dos imóveis do município, da localidade, do bairro ou do distrito.

Já o Art. 2º destaca que quando constatada a situação de perigo, o gestor responsável pelo Combate às Endemias deverá intensificar as visitas domiciliares para eliminação do mosquito e de seus criadouros em todos os imóveis da área aferida e também mobilizar a sociedade para ações preventivas.





Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso.


Comentários

Contato (14) 3722 8957 Endereço Rua Cherentes, 250 - 11° andar - sala 113. Tupã-SP Cep 17.600-090 e-mail: [email protected]

error: Content is protected !!