CotidianoTodasPrefeito Caio Aoqui decide revitalizar o Country

Jornal Diário Tupã Jornal Diário Tupã7 de outubro de 2019
https://i0.wp.com/portal.maistupa.com/wp-content/uploads/2019/02/country.jpg?fit=1200%2C675&ssl=1

Como muitas obras já anunciadas em Tupã, a revitalização da Avenida Tamoios não passou de mais uma promessa. E cara, por sinal, pois foram dispendidos R$ 600 mil na execução do projeto final, que agora “adormece” em alguma gaveta. Isso significa que cada tupãense sofreu um prejuízo de R$ 9,23 apenas com essa proposta.
O projeto apresentava grandes investimentos, avaliados em cerca de R$ 6 milhões, com a proposta de transformar a principal via comercial da cidade em um novo cartão postal. O anúncio chegou a animar parte de empresários e consumidores, que criaram expectativas sobre o projeto.
O projeto de revitalização previa diversas melhorias na Avenida Tamoios e poderia, inclusive, valorizar os imóveis e suas empresas instaladas. Mas o atraso no início das obras começou a gerar desconfiança na população, que passou a duvidar da execução do projeto. Questionamentos começaram a surgir.

A primeira etapa das obras previa melhorias na insfraestrutura da rua, com a instalação de uma rede de galerias pluviais. Comerciantes se perguntavam de onde começariam os trabalhos. Se a partir da Rua Nhambiquaras ou da Rua Tupis. Conhecendo as dificuldades do poder público, ninguém queria que as obras fossem iniciadas e paralisadas na porta de sua empresa.

A demora no início dos trabalhos fez a Prefeitura de Tupã perder os recursos da primeira etapa das obras. A gestão anterior propôs, então, realizar a segunda etapa dos serviços com os recursos que já estavam reservados para readequação do antigo Country Clube. Mas a prefeitura também precisava de uma rápida decisão para aplicar esses recursos, pois também poderia perder esses repasses do governo estadual.

Debates em relação ao direcionamento começaram a surgir. Muitos acreditavam que a revitalização da Avenida Tamoios poderia atrair mais investimentos para o comércio e a presença de novos turistas/consumidores. Outros desacreditavam da medida ao afirmar que o melhor investimento seria aplicar os recursos na revitalização do Country.

As propostas foram analisadas na manhã da última quinta-feira, dia 3, entre representantes do Comtur (Conselho Municipal de Turismo) e da Secretaria Municipal de Turismo.
Durante a reunião, ficou decidido investir os recursos de cerca de R$ 2,7 milhões na revitalização do antigo Country Clube. “O prefeito Caio Aoqui fez esforço político em São Paulo para não perdermos esses recursos. Foi feito o pedido para mudança do objeto e em parceria com o Comtur definimos a destinação dos recursos para investimentos no Country”, afirmou o secretário Municipal de Turismo, Douglas Guilhermon Gimenez, o  “Duda”.

O secretário explicou que a proposta inicial da pasta é transformar o antigo clube em um parque aquático, ou em um bal-neário municipal. “O Country ainda poderá mudar de nome”, adiantou.
De acordo com “Duda”, o antigo Country poderá ser terceirizado para a iniciativa privada, com a exploração de uma empresa que tenha experiência no setor turístico. “Isso será necessário para fomentar atrativos turísticos na cidade e para a região, gerando mais empregos e renda”, salientou.

 

Atraso

O anúncio da obra da “Nova Tamoios”, com a apresentação do projeto executivo orçado em R$ 600 mil, já devidamente pago, completou cinco anos no dia 15 de março.
A revitalização da Avenida Tamoios previa a implantação de galerias pluviais, recuperação do pavimento e contorno do passeio, rampas e calçadas, croqui elétrico, paisagismo, sinalização vertical e horizontal.





Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso.


Comentários

Contato (14) 3722 8957 Endereço Rua Cherentes, 250 - 11° andar - sala 113. Tupã-SP Cep 17.600-090 e-mail: [email protected]

error: Content is protected !!