DestaquePolíticaTodasQueima de Arquivo: Secretários do Prefeito cassado Ricardo Raymundo teriam ordenado a destruição de caminhões com documentos públicos. MP apura o caso.

Redação Redação30 de setembro de 2019
https://i1.wp.com/portal.maistupa.com/wp-content/uploads/2019/02/ricardo2.jpg?fit=1200%2C675&ssl=1

O Ministério Público de Tupã instaurou no último dia 18 de setembro um Inquérito Civil Público visando apurar uma denúncia, feita de forma anônima, onde informa que em meados de setembro de 2018 a Prefeitura Municipal de Tupã destruiu milhares de documentos, sendo contabilizado por 2 caminhões carregados.

Segundo a denúncia os mandantes da ação foram os então secretários, Silas Reinato Ferrão e Renato Teixeira, respectivamente secretários de governo e assuntos jurídicos. 

A denúncia ainda relata que entre os documentos destruídos estavam plantas de prédios públicos, croquis de obras municipais, entre outros documentos, que deveriam ser mantidos arquivados. 

Os documentos que foram retirados do Paço Municipal em dois caminhões foram levados para o Aterro Sanitário Municipal, onde foram jogados nas valas onde é depositado o lixo orgânico municipal. Ainda paira a suspeita que os documentos tenham sido queimados no local, o que ainda poderia caracterizar crime ambiental. 

Com base nas informações recebida o Promotor de Justiça, Dr. Rodrigo de Andrade Figaro Caldeira instaurou o Inquérito Civil Público visando apurar as virtuais irregularidade e saneá-las, buscando ainda os responsáveis pelos fatos e sua posterior culpabilização. 





Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso.


Comentários

Contato (14) 3722 8957 Endereço Rua Cherentes, 250 - 11° andar - sala 113. Tupã-SP Cep 17.600-090 e-mail: [email protected]

error: Content is protected !!