RegiãoTodasFeminicídio em Adamantina: mulher foi morta diante do filho pelo ex-companheiro

Siga Mais Siga Mais11 de setembro de 2019
https://i1.wp.com/portal.maistupa.com/wp-content/uploads/2019/09/feminicidio.jpg?fit=1200%2C675&ssl=1

Um crime de feminicídio mobilizou equipes da Polícia Militar, Polícia Civil e do Corpo de Bombeiros, na noite desta terça-feira (10), em Adamantina. O caso ocorreu nas proximidades da Rua João Vicente de Miranda, Jardim Primavera.

Segundo informações obtidas junto à Polícia, o homem matou a companheira, Mara Jaqueline Flor Dos Santos, de 29 anos, com um golpe de objeto cortante, atingindo o pescoço da vítima. Ela foi morta diante do filho .

O Corpo de Bombeiros foi acionado para prestar socorro à vítima. Ao chegar no local encontrou a mulher já sem os sinais vitais, caída na residência, com o corte no pescoço. Ela foi removida ao pronto-socorro da Santa Casa de Adamantina, onde foi confirmado o óbito.

Segundo relatos da irmã da vítima, a a mulher  havia se separado do suspeito e chegou a mudar-se de casa várias vezes, já que o homem a perturbava.

Na noite do crime, segundo revelou a irmã, o homem enviou uma mensagem à vítima, pedindo documento do filho dela. Ele havia assumido a paternidade da criança e alegou que tinha a intenção de tirar seu nome do registro de nascimento, pois não queria manter esse vínculo.

Com essa alegação, combinou com a vítima de encontrá-la em uma esquina da rua. Com medo e temendo alguma reação de violência, a irmã se dispôs a levar a certidão de nascimento, e assim o fez.

Depois disso o homem mandou outra mensagem à vítima, dizendo que ela poderia buscar o documento, no mesmo local. Novamente a irmã retornou ao ponto de encontro, quando um amigo da família contou que a irmã havia sido esfaqueada.

De acordo com relato do amigo, à irmã da vítima, o agressor chegou na varanda da casa e pediu que a ex-companheira para pegar a criança no colo, que foi entregue a ele.

Foi quando o agressor devolveu o filho e em seguida atingiu a mulher com uma faca, na altura do pescoço, fugindo em seguida. A vítima conseguiu entrar na casa e colocar a criança no carrinho, caindo em seguida na cozinha, onde permaneceu até a chegada da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.

Já o agressor fugiu do local e é procurado pela Polícia. Até a manhã desta quarta-feira (11) ele não havia sido localizado.

O local do feminicídio foi  periciado pela equipe da Polícia Científica. O corpo da mulher foi encaminhado a exames por peritos do Instituto Médico Legal (IML), para elaboração de laudo.

O velório ocorrerá no Velório Municipal de Mariápolis (ainda sem previsão) e o sepultamento está previsto para o final do dia, na mesma cidade.

O caso é  investigado pela Polícia Civil de Adamantina.





Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso.


Comentários

Contato (14) 3722 8957 Endereço Rua Cherentes, 250 - 11° andar - sala 113. Tupã-SP Cep 17.600-090 e-mail: [email protected]

error: Content is protected !!