CotidianoTodasTransporte Público: Empresa aguarda resposta sobre rescisão contratual

Jornal Diário Tupã Jornal Diário Tupã5 de setembro de 2019
https://i1.wp.com/portal.maistupa.com/wp-content/uploads/2017/11/vlp.jpg?fit=668%2C535&ssl=1

Passageiros que dependem do uso dos ônibus circulares já estão preocupados com uma possível rescisão contratual da Trans VPL com a Prefeitura de Tupã, como anunciado recentemente pelo sócio da empresa, Emerson Santana.
O empresário explicou que o pedido para rescisão contratual foi protocolado na prefeitura, mas aguarda uma resposta da administração.  “A prefeitura até agora não se manifestou “, disse.
O prefeito Caio Aoqui (PSD) estava na tarde de ontem na Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo) e disse por telefone que agendará uma reunião com o representante da empresa. “Vamos marcar uma reunião na sexta-feira, assim que chegar de viagem”, afirmou.
A empresa alega falta de recursos financeiros para manter os trabalhos. O prefeito confirmou que a empresa solicita aumento no valor do repasse do subsídio mensal, mas não informou o valor. Extraoficialmente, seria R$ 70 mil. “Isso é um assunto que iremos tratar para tentar solucionar esse problema”, ressaltou. 
O empresário disse que o único pedido entregue na prefeitura até agora foi o de rescisão contratual.
A empresa recebe subsídio mensal de R$ 50 mil da prefeitura para auxiliar na manutenção dos atendimentos aos passageiros. A empresa destacou que o serviço de transporte coletivo possui cerca de 9 mil pagantes por mês, o que inviabiliza manter os serviços no município.

Idade: 60 anos
A assessoria do vereador Tiago Matias explicou que o parlamentar mantém contato com representantes de outras bancadas da Câmara Municipal, para apresentar um projeto de lei que autorize a entrega de passagens gratuitas a passageiros com mais de 60 anos. A medida não ocorre legalmente no município por falta de legislação específica.

Segundo a assessoria do parlamentar, a Prefeitura de Ivaiporã/PR repassa para uma empresa de transporte público o mesmo valor que a Prefeitura de Tupã repassa à Trans VLP. O serviço de circular, em Ivaiporã, é oferecido gratuitamente aos passageiros.  “O vereador sugeriu ao prefeito que, caso a empresa venha rescindir o contrato, que ela pague multa e a prefeitura assuma de forma gratuita o transporte. Será um marco histórico no nosso município, seguindo o exemplo de Ivaiporã”, afirmou a assessoria parlamentar.
A cidade de Ivaiporã, porém, possui cerca de 32 mil habitantes, menos da metade do número de habitantes em Tupã.





Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso.


Comentários

Contato (14) 3722 8957 Endereço Rua Cherentes, 250 - 11° andar - sala 113. Tupã-SP Cep 17.600-090 e-mail: [email protected]

error: Content is protected !!