DestaquePolíticaTodasEscolas, Abarca e Irene, passarão a ter ensino integral em 2020.

Jornal Diário Tupã Jornal Diário Tupã27 de agosto de 2019
https://i2.wp.com/portal.maistupa.com/wp-content/uploads/2017/06/escola.jpg?fit=668%2C535&ssl=1

As escolas estaduais “Irene Resina Migliorucci”  e  “Joaquim Abarca”  foram inseridas ao projeto do governo estadual e, a partir do ano que vem, passarão a funcionar em período integral. As escolas que fazem parte do projeto Ensino Integral  possuem jornada de até 9 horas e meia.

A dirigente Regional de Ensino, Lucimeire Rodrigues Adorno, explicou que o programa tem formação diferenciada para os alunos.  “Fomos procurados por alguns pais e vereadores, há alguns anos, assim que o programa começou no Estado de São Paulo. E, até então, não tínhamos a oportunidade de ofertá-lo. A partir de 2020 teremos esta oportunidade no município de Tupã”, afirmou.

Segundo a diretora da EE  “Joaquim Abarca”, Denise Moraes Lourenço, no período em que o aluno estiver na escola, poderá cursar disciplinas regulares e disciplinas de grade diversificada.  “Estas disciplinas fortalecem a possibilidade de o aluno se inserir na sociedade como uma pessoa de responsabilidade e que possa fazer o bem. Além de também garantir a formação integral e a continuidade dos estudos”, ressaltou. O projeto contará ainda com aulas de tutoria, formação acadêmica e projeto de vida, onde poderá planejar seu futuro.
A diretora da Escola “Irene Resina Migliorucci”, Tatiane Quaglio Hayashii, destacou que, além do desenvolvimento do protagonismo juvenil, e do incentivo de habilidades socioemocionais que serão desenvolvidas, o projeto faz com que o aluno passe mais tempo na escola. “Um lugar seguro, onde ele estará aprendendo e não estará nas ruas”, afirmou.

Segundo dados do governo estadual, 417 unidades oferecem o novo modelo de ensino em tempo integral, que atendem mais de 141 mil estudantes dos ensinos fundamental e médio. As unidades oferecem quatro refeições diárias, estrutura com laboratórios, disciplinas eletivas e jornada de oito a nove horas de estudos, em média. 
Em Tupã, as duas escolas foram escolhidas devido sua estrutura física, com espaço para receber a nova modalidade de ensino.

Vantagens

Estudos apontam que o Ensino Integral ajuda a melhorar a aprendizagem dos alunos e aumenta a empregabilidade e renda dos egressos. Os alunos do ensino médio das escolas do PEI tiveram desempenho no último Índice de Desenvolvimento da Educação do Estado de São Paulo (Idesp) 1,2 ponto maior em relação aos estudantes das escolas regulares.

Outra vantagem do modelo é que ele permite que os professores atuem em regime de dedicação integral a uma escola, com mais tempo para estudo e preparação de aula. Para isso, recebem uma gratificação de 75% no salário-base. O investimento da Secretaria Estadual de Educação no Ensino Integral também ajuda a cumprir as metas previstas nos Planos Nacional e Estadual de Educação, que determinam que 50% das escolas devem oferecer essa modalidade de ensino até 2024 e 2026, respectivamente.





Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso.


Comentários

Contato (14) 3722 8957 Endereço Rua Cherentes, 250 - 11° andar - sala 113. Tupã-SP Cep 17.600-090 e-mail: [email protected]

error: Content is protected !!