CotidianoTodasCreches funcionam normalmente nesta sexta-feira mesmo havendo greve

Redação Redação8 de agosto de 2019
https://i2.wp.com/portal.maistupa.com/wp-content/uploads/2017/06/creche.jpg?fit=668%2C535&ssl=1

A Prefeitura já está se mobilizando para uma eventual greve dos servidores públicos municipais, prevista para esta sexta-feira.

De acordo com o prefeito Caio Aoqui, a prefeitura não medirá esforços para evitar prejuízos à população, garantindo a manutenção dos serviços essenciais, como atendimento nas creche-escolas e nas unidades de saúde, coleta de lixo, entre outros.

“O Sindicato não aceitou nenhuma das propostas que apresentamos e ameaça iniciar uma greve nesta sexta-feira, o que pode prejudicar consideravelmente a população. A prefeitura realmente não tem condições de oferecer mais do que já oferecemos. Concordo que Sindicato tem esse direito, mas não vejo motivos reais para essa paralisação, porque estamos agindo com responsabilidade e seriedade, oferecendo realmente o máximo que podemos arcar, tendo em vista aspectos legais e financeiros”.

Segundo o prefeito, a prefeitura está em dia com o pagamento dos salários, já efetuou o pagamento do aumento de 15% no tíquete pagos no mês passado, retroativos de abril, e já encaminhou a proposta de reposição salarial à Câmara Municipal desde 17 de junho, o que comprova o compromisso da prefeitura em resolver definitivamente esta questão.

Caio também pediu a compreensão dos servidores para que não prejudiquem a população e lembrou que a adesão a uma eventual paralisação é voluntária, sendo proibida qualquer forma de assédio ou pressão para que o servidor participe do movimento.

Ele alertou que a legalidade da greve será analisada pela Justiça e os servidores terão os dias parados descontados do salário. “Independente se a greve for julgada legal ou não, os descontos serão feitos. Volto a afirmar que tentamos todos os acordos possíveis dentro da realidade econômica da prefeitura, mas o Sindicato não aceita. Devemos pensar na cidade como um todo. É lógico, que se pudéssemos ou tivéssemos condições ofereceríamos uma proposta maior. Mas temos que agir com responsabilidade. Apesar de todas as ofensas e ataques que recebemos mantivemos o diálogo com o Sindicato, mas ele se mantém irredutível em deflagrar a greve o que pode prejudicar não só a população, mas também os próprios servidores”, concluiu.

 





Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso.


Comentários

Contato (14) 3722 8957 Endereço Rua Cherentes, 250 - 11° andar - sala 113. Tupã-SP Cep 17.600-090 e-mail: [email protected]

error: Content is protected !!