RegiãoTodasAjudante acha carteira com R$ 15 mil e devolve para dono: ‘Não comeria um prato de comida com esse dinheiro’

G1 G124 de julho de 2019
https://i2.wp.com/portal.maistupa.com/wp-content/uploads/2019/07/encontro.jpg?fit=1200%2C675&ssl=1

Ao fim do expediente, um ajudante de caminhoneiro teve a chance de ficar com o valor equivalente a 7 meses de trabalho achado na rua. No entanto, Mauro Maurício, de 62 anos, escolheu procurar o dono dos R$ 15 mil que estavam dentro de uma carteira deixada na mureta, às margens da Rodovia BR-153, em Marília (SP)

Em entrevista ao G1, Mauro contou que achou o dinheiro assim que chegou a um posto de combustíveis depois de um trabalho. Ele costuma ficar no estabelecimento em busca de caminhoneiros para ajudar.

“A carteira estava caída em uma mureta e nela tinham R$ 5 mil em dinheiro e vários cheques, sendo cerca de R$ 15 mil. Procurei o dono em todo lugar e não encontrei. Cheguei em casa e não consegui ficar quieto. Falei para minha mulher que iria devolver. Não posso ficar com o que não é meu”, afirma.

Ainda segundo Mauro, foi então que um amigo da oficina que fica no posto ligou e falou de quem era a carteira, dizendo que era cliente dele e que saiu chorando porque tinha perdido.

“Poucas pessoas fariam isso. Se 99% pensassem assim, o mundo seria melhor. Não conseguiria comer um prato de comida comprado com esse dinheiro, porque saberia que não seria do meu suor”, diz.

No dia seguinte, nesta terça-feira (23), Mauro se encontrou com o dono da carteira para devolvê-la. O dono é o comerciante Guilherme Henrique de Oliveira, 38 anos, que é de São José do Rio Preto (SP), mas trabalha pela região de Marília.

Ao G1, Guilherme afirmou que trabalha com recauchutagem de pneus e que frequenta o local onde perdeu a carteira. Porém, nunca havia visto Mauro. Além disso, ele conta que costuma andar com dinheiro para comprar pneus.

“Deu um frio na barriga quando perdi a carteira. Procurei em todo o lugar. Tinha cheque de clientes. Fui embora porque não tinha mais o que fazer, mas o dono da oficina me ligou de noite falando que encontraram”, afirma.

Para ele, a atitude de Mauro é exemplo de honestidade. “Hoje é raridade uma pessoa ter uma atitude dessas, pela quantidade de dinheiro que tinha, e ele entregou tudinho. Ele me disse ainda que trabalhou o dia inteiro e ganhou R$ 80 quando achou a carteira. É uma atitude dessas que todos devem ter, de honestidade”, afirma.

Fotos: Brunno Alexandre – Marília Notícia

Mauro entrega a carteira que achou perdida em posto de combustível para o dono — Foto: Brunno Alexandre/Marília Notícia




Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso.


Comentários

Contato (14) 3722 8957 Endereço Rua Cherentes, 250 - 11° andar - sala 113. Tupã-SP Cep 17.600-090 e-mail: [email protected]

error: Content is protected !!