SaúdeTodasDengue: cidade ainda registra média de 10 casos por dia

Redação Redação2 de julho de 2019
https://i2.wp.com/portal.maistupa.com/wp-content/uploads/2019/02/dengue1.jpg?fit=1200%2C675&ssl=1

A cidade de Tupã continua registrando média de 10 casos de dengue por dia, conforme balanço feito pela Secretaria da Saúde, através do setor de endemias. Os números ainda são elevados, por conta da mega epidemia registrada neste ano.
No mês de junho, do dia 1º ao dia 18, foram registrados 179 casos de dengue que se espalharam por praticamente todas as regiões da cidade. Os números atualizados, porém, devem ser bem mais elevados.
Já o número de casos neste ano é recorde, com mais de 6 mil e pelo menos seis mortes, por conta das consequências da doença.
Além da confirmação de muitos casos positivos de dengue em Tupã, dezenas de pessoas continuam aguardando resultados de exames, também com suspeitas de dengue.
A Secretaria Municipal de Saúde alerta que as equipes continuam encontrando muitos focos do mosquito nas casas. É preciso ampliar os cuidados com a proliferação do mosquito.

 

Ciclo
É importante quebrar o ciclo da dengue. Em primeiro lugar, é preciso entender que os ovos do mosquito da dengue precisam de água limpa e parada para nascerem. Por isso, é muito importante não deixar água acumulada. Além disso, logo que os mosquitos ficam adultos, já começam a picar. Ao picarem uma pessoa com dengue, eles passam a carregar o vírus. O mosquito infectado transmite a dengue ao picar uma pessoa saudável, e então surge a doença que faz vítima pessoas de qualquer idade.
Os sintomas da dengue são: febre alta com dor de cabeça, dor no corpo, dor atrás dos olhos e dor nas juntas. Se o cidadão apresentar esses sintomas, é preciso buscar imediatamente por uma unidade de saúde mais próxima. Pode ser dengue. A orientação é que a pessoa fique em repouso e beba muito líquido, inclusive soro caseiro, que pode ser feito com um litro de água filtrada ou fervida, uma colher (do tipo de café) rasa de sal e uma colher (do tipo de sopa) rasa de açúcar.
É importante saber que combater a dengue é um dever de todos. Para evitar que a doença se espalhe, todos devem colaborar, não deixando acumular água dentro ou fora de casa.

 

Dengue
Dengue é uma doença infecciosa, que é transmitida pela picada do mosquito “Aedes aegypti”. Qualquer pessoa pode contrair a doença, inclusive a dengue hemorrágica, que pode acontecer principalmente em pessoas que já contraíram a doença uma vez.
Infelizmente, não há vacina contra a dengue. Por isso, o único remédio contra essa doença é a prevenção.
Para evitar que a doença continue proliferando é preciso que todos ajudem a eliminar o vetor da doença, que é o “Aedes aegypti”. Somente acabando com o mosquito é que será possível acabar com a doença.

Com a ajuda de todos é muito fácil acabar com o mosquito da dengue. Basta eliminar todos os criadouros do “Aedes aegypti”, ou seja, tudo aquilo que pode acumular água, como pratos de vasos de plantas, bebedouros de animais, latas, garrafas, pneus, tampinhas, caixas d’água destampadas, entre outros.

 

Responsabilidade
A dengue é um problema de todos. A saúde pública deve cuidar da população, através dos trabalhos de orientação e prevenção realizados pelos agentes.
Já a população deve zelar por si, acolhendo os agentes como parceiros e adotando as medidas de controle necessárias. Finalmente, não se esqueça: a dengue se combate todos os dias.





Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso.


Comentários

Contato (14) 3722 8957 Endereço Rua Cherentes, 250 - 11° andar - sala 113. Tupã-SP Cep 17.600-090 e-mail: [email protected]

Enable referrer and click cookie to search for activated
error: Content is protected !!