CotidianoTodasMortes em decorrência do vírus HIV voltam a preocupar.

Jornal Diário Tupã Jornal Diário Tupã14 de junho de 2019
https://i0.wp.com/portal.maistupa.com/wp-content/uploads/2019/06/hiv.jpg?fit=1200%2C675&ssl=1

Doenças que no passado eram controladas pelo comparecimento da população aos postos de saúde, durante as campanhas preventivas de vacinação, se tornaram hoje preocupação para os setores da saúde pública. Um dos casos mais recentes foram as novas contaminações por sarampo, doença que era considerada erradicada no País. O problema é ainda maior para os casos de contaminações de doenças em que não há cura, como a Aids, por exemplo. 
Os últimos dados divulgados pela Fundação Seade (Sistema Estadual de Análise de Dados) informam que, na década, entre os anos de 2006 a 2016, 64 pessoas morreram vítimas da Aids em Tupã. Com destaque para os dois últimos anos, quando o número de mortes por Aids dobrou. Segundo os dados, ocorreram cinco óbitos por Aids em Tupã no ano de 2015, e dez óbitos no ano de 2016. 

A erradicação e o controle das doenças transmissíveis fizeram muitas pessoas acreditarem na extinção dessas moléstias. Sem o anúncio de novos casos, ou surtos, muitos deixaram de comparecer aos postos de saúde. Muitos se descuidaram principalmente durante as relações sexuais com seus respectivos parceiros, e deixaram de fazer o uso de preservativos. O resultado foi o aumento nos casos de doenças sexualmente transmissíveis no município.
Somente neste ano a Prefeitura de Tupã gastou R$ 51.820,00 em ações voltadas à prevenção e ao combate das DSTs (Doenças Sexualmente Transmissíveis) e Aids, de acordo com dados do Portal da Transparência.
Tupã possui um ambulatório de doenças infecciosas que funciona na Rua Nhambiquaras, 432. O local oferece a coleta de CD4, (exame que verifica o sistema imunológico em pessoas com diagnóstico de infecção pelo HIV), Carga Viral (exame que conta a quantidade de vírus presente em certa quantidade de sangue) e atendimento a pacientes portadores de sífilis congênita.
O ambulatório atende 16 municípios da região, cinco penitenciárias, e as demandas de rotina nos casos referenciados pelas unidades da região.

O ambulatório possui metodologia convencional e rápida para diagnóstico do HIV. A metodologia rápida divulga o resultado do exame em até 30 minutos. Vale lembrar que esses exames devem ser agendados no próprio ambulatório, ou pelo telefone (14) 3491-5640.





Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso.


Comentários

Contato (14) 3722 8957 Endereço Rua Cherentes, 250 - 11° andar - sala 113. Tupã-SP Cep 17.600-090 e-mail: [email protected]

error: Content is protected !!