CotidianoPrefeito Caio descarta possibilidade do servidor municipal ficar sem revisão salarial.

Redação Redação13 de junho de 2019
https://i2.wp.com/portal.maistupa.com/wp-content/uploads/2019/06/caio-aoqui7.jpg?fit=1200%2C675&ssl=1

O prefeito Caio Aoqui reuniu ontem a nova equipe econômica e jurídica para agilizar os estudos sobre a atual situação financeira da prefeitura com o objetivo de retomar as negociações com o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais para definir a revisão salarial da categoria.

“Assumimos o governo há apenas 15 dias, já com o desafio de agilizar as negociações sobre a revisão salarial do servidor, cuja data base é em abril. Por isso estamos verificando a real situação econômica da prefeitura para que possamos negociar essa revisão de forma séria e responsável. Sabemos do valor dos servidores públicos e nosso objetivo é realmente valorizar a categoria. Mas temos que ter muita responsabilidade nesse processo porque não podemos oferecer ou aceitar aquilo que a prefeitura não tem condições de arcar, sob risco de comprometer o funcionamento da administração e prejudicar os serviços essenciais para população”, explicou.

O chefe do Executivo também desmentiu a possibilidade do servidor municipal ficar sem revisão. “Não existe a menor possibilidade do servidor ficar sem revisão. A categoria vai receber aumento sim, e nossa equipe jurídica e financeira tem se empenhado muito para que a prefeitura possa, dentro de suas possibilidades, atender o maior número de revindicações do sindicato. Nosso objetivo é concluir esses estudos o mais rápido possível para que possamos apresentar ao sindicato uma proposta realista e que possa ser cumprida”, explicou

Caio também agradeceu o apoio e a compreensão da diretoria Sindicato dos Servidores Públicos Municipais que tem demonstrado a preocupação de manter as negociações dentro do clima de cordialidade e respeito. “Gostaria de agradecer ao Sindicato dos Servidores, que tem sido compreensivo com o novo governo e tem entendido as dificuldades enfrentadas nesse processo de transição. Gostaria também de tranquilizar os servidores. Mesmo com todas as dificuldades estamos empenhados em garantir a maior revisão possível, dentro daquilo que a legislação permite e de acordo com aquilo que a nossa situação financeira comporta”, concluiu.

 

 

        





Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso.


Comentários

Contato (14) 3722 8957 Endereço Rua Cherentes, 250 - 11° andar - sala 113. Tupã-SP Cep 17.600-090 e-mail: [email protected]