DestaquePolíticaTodasCaio Aoqui é empossado Prefeito após cassação de Ricardo Raymundo. Editorial deste fato histórico.

Redação Redação29 de maio de 2019
https://i0.wp.com/portal.maistupa.com/wp-content/uploads/2019/05/ricardo4.jpg?fit=1200%2C675&ssl=1

Primeiro de Abril de 2019, denúncia protocolada por “Pena Castro” é lida no plenário da Câmara Municipal e  aceita por vereadores. “Isso não vai dar em nada” comentários ouvidos no dia…

Sorteada a Comissão Processante, Amauri Mortágua, Charles dos Passos e Capitão Neves. O destino do executivo tupãense nas mãos dos três vereadores;

Investigações, oitivas, provas e contraprovas! Ricardo é intimado a depor e sua defesa – Ele não vai! 55 testemunhas, a legislação limita em 10! Dez testemunhas ouvidas. Charles esboça o relatório, CP altera e aprova. Pedido de cassação postulado – “Isso não vai dar em nada” cada vez se ouvia menos… 

Marcado o julgamento, 28 de maio de 2018, às 15 horas! Mas antes…

Eleito em 2016 com 13622 votos, a dupla Ricardo e Caio eram a esperança de um povo, um povo que quis a mudança, um povo que buscou a renovação, um povo que acreditou na terceira via.

A onde a terceira via nos levará, essa era a pergunta. Empresário bem sucedido, família tradicional, com largo histórico de participação em clubes de serviço. Ricardo é diferente!

Logo nas primeiras ações, mesmo antes de tomar o poder, Ricardo já dava mostras de não entender de política, pois ao invés de buscar um governo de união com os 15 vereadores, buscou formar uma “base” com apenas 8. 

Para fazer parte do “Governo” era necessário rezar a cartilha do Partido Verde, onde a segregação sempre esteve presente.

Entre as primeiras polêmicas e a falta de governabilidade, ocorre uma mudança! O Governo se torna mais aberto e passa a “negociar” secretarias, porém a falta de “palavra” começa a desagradar os agentes políticos… 

Governo começa a sofrer baixas, governo começar a sofrer, cidade começa a sofrer… As obras não deslancham, os números não melhoram, os problemas se acumulam… 

Eleições 2018 – A hora do Voto!!! Grupo do Prefeito Ricardo dá pouco mais de 800 votos para Enrico, Grupo do Prefeito Caio dá mais de 4 mil votos para Ioshi – Caio e sua turma fora do “Governo Ricardo”! Ricardo tem apenas 4 vereadores em sua “base aliada”.

Dengue, buracos, suspeitas de corrupção, computadores milionários, câmeras alugas, maus tratos nas residências terapêuticas, escorpiões, arrogância, prepotência, mi mi mi, desenho, renúncia de receitas, folgas, caminhonete! Chega!!! Pena Castro faz denúncia!!!

Voltamos a sessão de julgamento, em mais de 9 horas de sessão o Prefeito teve amplo direito a defesa, falou por mais de uma hora, mas ouviu os vereadores falando por um longo tempo. 

A violação ao princípio da Eficiência era a principal acusação. Como mostrar que se é eficiente em 9 horas, se não conseguiu fazer em mais de 2 anos de mandato???

Por fim 11 x 4, como já era esperado por alguns analistas políticos. Uma saída rápida do plenário, a tristeza estampada na face… Os “amigos” saíram juntos… “Amigos” que foram diminuindo ao longo do processo… Solidão… Abandono… Renúncia… IMPEACHMENT!

Oito horas da manhã do dia 29 de maio de 2019 – Caio Aoqui é empossado pela Câmara Municipal de Tupã.

O Vice que virou Prefeito, o vice que foi rejeitado, o vice que esteve ausente no processo de cassação, o vice que carrega nos ombros a esperança de uma cidade, o vice que nunca mais vai esquecer… que ser vice é expectativa, que um dia pode se tornar realidade… um vice que virou Prefeito e será cobrado!





Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso.


Comentários

Contato (14) 3722 8957 Endereço Rua Cherentes, 250 - 11° andar - sala 113. Tupã-SP Cep 17.600-090 e-mail: [email protected]

error: Content is protected !!