CotidianoTodasApós 16 meses da compra dos computadores avaliados em R$1.001.250,00, prefeitura instalou 86% das máquinas. Compra foi um dos motivos de pedido de impeachment.

Redação Redação8 de abril de 2019
https://i1.wp.com/portal.maistupa.com/wp-content/uploads/2019/02/ricardo2.jpg?fit=1200%2C675&ssl=1

A Secretaria Municipal de Educação conclui na semana passada a instalação de 216 dos 250 computadores adquirido pela prefeitura no ano de 2017  totalizando cerca de R$ 1.107.250,00.

O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo havia feito apontamento acerca das irregularidades contidas no contrato firmado entre a Prefeitura de Tupã e a empresa Trend Comercial Eireli – EPP, contratada através de licitação para o fornecimento dos microcomputadores  destinados à Secretaria Municipal de Educação.

A compra desses equipamentos foi um dos assuntos abordados pelo advogado André Braga, na primeira denúncia pedindo o impeachment do prefeito Ricardo Raymundo. A compra e a utilização dos computadores também é motivo de investigação na Câmara Municipal.

Em entrevista ao Jornal Diário, o secretário de educação Mauro Guerra, assumiu que houve falta de planejamento na compra, pois, as escolas não possuíam a estrutura adequada para recebê-los. “Foi necessário que fizéssemos reparos em salas e até mesmo a construção de locais próprios. Além disso, os computadores não funcionam iguais a um notebook. Por isso, foi necessária uma padronização de cabeamento de rede categoria 5, instalação de equipamentos para gerenciamento, principalmente para controle de acessos, além de instalações de switch e racks”, concluiu.

*Errata: A matéria foi atualizada com a data correta da aquisição dos computadores. A compra foi realizada em dezembro de 2017.





Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso.


Comentários

Contato (14) 3722 8957 Endereço Rua Cherentes, 250 - 11° andar - sala 113. Tupã-SP Cep 17.600-090 e-mail: [email protected]