DestaquePolíticaTodasPrefeitura pode ter que devolver mais de R$ 2,2 milhões ao DadeTur.

Redação Mais Tupã Redação Mais Tupã13 de fevereiro de 2019
https://i2.wp.com/portal.maistupa.com/wp-content/uploads/2017/01/ricardo-coletiva.jpg?fit=668%2C535&ssl=1

A Prefeitura de Tupã tem até a próxima sexta-feira, dia 15, para devolver, ao governo estadual, recursos da ordem de R$ 2.246.100,23, por não concluir as obras do Espaço das Artes, localizado na Avenida Tamoios, esquina com a Tapajós. O montante a ser ressarcido aos cofres estaduais terá aumento de 72,77% em relação ao valor do atual convênio, estimado em cerca de R$ 1,3 milhão. 

Em nota encaminhada ao DIÁRIO na tarde de ontem, o DadeTur (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias Turísticas) explicou que a Prefeitura de Tupã foi notificada “a efetuar a devolução do valor corrigido acima (R$ 2.246.100,23) ou solicitar parcelamento de débito. Para tanto, concedemos o prazo até 15/02/2019 para manifestação”, afirmou. 
Vale lembrar que o convênio é do ano de 2009 e, passada uma década, a Prefeitura de Tupã não conseguiu concluir as obras.

Reunião
A secretária Municipal de Planejamento, Brenda Larissa Alves, disse que a prefeitura está em conversações com o DadeTur para finalizar a obra, sem realizar a devolução do dinheiro. “Eles pediram uma documentação e já estamos providenciando”, afirmou.

Obras
Segundo a prefeitura, a construção do teatro, na esquina da Tamoios com a Rua Tapajós, possui 65% dos trabalhos concluídos. Mas ainda falta receber o acabamento. A construção da biblioteca foi 95% concluída. O espaço é utilizado esporadicamente por grupos culturais e recebe eventos organizados pela Secretaria Municipal de Cultura.
Vale lembrar que a prefeitura já perdeu recursos do DadeTur pelo atraso na conclusão das obras. Além da devolução do dinheiro ao governo estadual, o Espaço das Artes deverá ser construído, agora, com recursos municipais. O valor do convênio para finalizar a obra era de cerca de R$ 1,3 milhão.
Para concluir as obras, a prefeitura deverá realizar o acabamento interno do teatro, executar o revestimento acústico, fazer as instalações elétricas, hidráulicas, construir espaços para coxia, iluminação, sonorização, concluir a pintura e a pavimentação interna e externa. 
De acordo com a programação inicial da prefeitura, as obras do Espaço das Artes seriam retomadas após a inauguração da Praça do Estádio “Aparecido Barros – Caveira”. A Praça do Estádio foi inaugurada no dia 1º de novembro do ano passado.

Responsabilização

As obras do Espaço das Artes  e da Praça de Uso Múltiplo começaram ainda no governo de Waldemir Lopes. Houve constantes atrasos no desenvolvimento dos trabalhos. Trata-se do projeto mais complicado em desenvolvimento em Tupã, que na verdade está parado faz muitos anos.
O contribuinte tupãense não pode ser penalizado por conta da incompetência ou inércia de quem quer que seja. É preciso que seja aberto um inquérito policial, a ser encaminhado para a Justiça, para que sejam apuradas as devidas responsabilidades, e que os culpados paguem a conta.





Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso.


Comentários

Contato (14) 3722 8957 Endereço Rua Cherentes, 250 - 11° andar - sala 113. Tupã-SP Cep 17.600-090 e-mail: [email protected]

error: Content is protected !!