CotidianoNotíciasTodasHorário de Verão termina nesse domingo

Redação Mais Tupã Redação Mais Tupã13 de fevereiro de 2019
https://i1.wp.com/portal.maistupa.com/wp-content/uploads/2016/02/15_02_2016_05_54_08_horario.jpg?fit=668%2C535&ssl=1

A contagem regressiva está terminando. Termina à zero hora deste domingo o horário de Verão, quando os relógios deverão ser atrasados em uma hora em dez estados e no Distrito Federal. Para os fãs do horário, resta aproveitar esta uma hora a mais de atraso na noite de sábado antes de entrar na madrugada de domingo. Para quem odeia, o tempo a mais pode ser aproveitado para comemorar o fim da medida.

Neste ano, a mudança no horário ocorreu mais tarde que o normal e, por isso, durou menos tempo. Normalmente, o horário de Verão começa no terceiro domingo do mês de outubro, mas, a pedido do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), foi adiado por conta das eleições de 2018. Sem o adiamento, a mudança de fuso entre as regiões seria muito diferente, o que atrapalharia na divulgação dos resultados das urnas.

Outro pedido para alteração no início do horário de Verão foi feito pelo Ministério da Educação (MEC), uma vez que a data iria coincidir com a aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio e poderia confundir os estudantes que fariam a prova. A solicitação não foi atendida e o início da alteração ocorreu no dia 4 de novembro.

Com o fim do horário de verão no próximo fim de semana, os estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Espírito Santo, além do Distrito Federal, devem alterar os ponteiros. 

Nestes últimos dias de horário de Verão, o trabalhador que é obrigado a acordar mais cedo, inicia suas atividades ainda no escuro. O mesmo acontece com os estudantes do turno da manhã. A partir de segunda-feira, porém, esse incômodo deve terminar.

 

Adaptação
Com o retorno do horário normal a partir de domingo, é importante a pessoa se adaptar. Na mudança o relógio atrasa, ou seja, “ganhamos” uma hora e por isso as pessoas muitas vezes vão dormir mais tarde. Para que o indivíduo não sofra com os distúrbios citados é aconselhável organizar a rotina aos poucos. A sugestão é que essa “hora extra” deve ser usada para descansar.

Além disso, é apropriado evitar refeições muito pesadas no dia da mudança, principalmente no fim do dia. Alimentos muito pesados para a digestão e bebidas energéticas, como café e alguns chás, podem prejudicar o sono. Aproveitar a luz do dia para praticar exercícios é ideal. Nesse período de adaptação é mais adequado optar por atividades mais leves, como yoga ou pequenas caminhadas. Caso faça exercícios mais pesados, é indicado praticar, no máximo, até três horas antes de ir para a cama, para que a liberação de endorfina não prejudique o sono.

Para se acostumar aos relógios atrasados, a “higiene do sono” também pode ajudar. O termo consiste na organização ou mudança de alguns hábitos para melhorar a qualidade do sono. Ingerir bastante líquido, manter o ambiente silencioso, arejado e escuro, e escolher um travesseiro adequado ao biótipo e a postura ao dormir, também são importantes para um sono relaxante.





Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso.


Comentários

Contato (14) 3722 8957 Endereço Rua Cherentes, 250 - 11° andar - sala 113. Tupã-SP Cep 17.600-090 e-mail: [email protected]