NotíciasPolíticaSaúdeTodasEscorpiões

Redação Redação22 de outubro de 2018
https://i0.wp.com/portal.maistupa.com/wp-content/uploads/2017/08/escorpião.jpg?fit=668%2C535&ssl=1

Aumentam os casos de picadas de escorpiões em Tupã.

As notificações sobre picadas de escorpiões aumentaram 6,76% até a última sexta-feira, dia 19, em Tupã, na comparação com igual período do ano passado.
Segundo dados do Setor de Combate a Endemias, da Secretaria Municipal de Saúde, entre os dias 1º de janeiro a 19 de outubro de 2017 foram registradas 133 notificações referentes a picadas de escorpiões, no município. No mesmo período deste ano,  já foram 142 notificações. 
A responsável pelo Setor de Combate a Endemias, Juliana Yuri Ueji Begnossi, disse que o aumento das notificações, neste ano, foi causado por fatores ambientais e pela falta de conscientização de diversos proprietários de imóveis. “As temperaturas mais quentes contribuem para a procriação dos escorpiões”, disse. “Muitos proprietários  não têm dado a devida importância para a limpeza de seus imóveis. Nesses locais, os escorpiões se abrigam, se alimentam e se reproduzem”, acrescentou.
Para inibir o surgimento de novos casos, previstos para essa época do ano, Juliana disse que a equipe do Setor de Combate a Endemias realiza atendimentos com visitas técnicas. “Quando recebemos ligações de denúncia, nossa equipe vai ao local, faz vistorias e orienta sobre as adequações a serem realizadas pelos moradores”, salientou. 
A equipe mantém atendimentos contínuos para reduzir os locais de procriação de escorpiões. Vale lembrar que, com a chegada do Verão, o setor prevê aumento nas notificações de picadas de escorpiões.
Juliana explicou que a equipe possui  trabalho de conscientização nas escolas e elabora um novo cronograma para visitar novamente as salas de aulas. “Hoje a presença de escorpiões não é uma realidade apenas de Tupã, ou do Estado de São Paulo. Mas em todo o País”, ressaltou.
Juliana disse que o Setor de Combate a  Endemias irá retomar ações educativas, com o projeto Vigilâncias em Ação. “Essas ações serão mais contínuas”, salientou.
Vale lembrar que a população pode denunciar a presença de escorpiões em residências ou terrenos baldios pelo telefone (14) 3404-2202.
Escorpião amarelo
Em Tupã, o escorpião mais comum é o amarelo. O “Tityus serrulatus” é típico do Sudeste, Centro Oeste e Nordeste do Brasil. Trata-se da principal espécie que causa acidentes graves, inclusive com óbitos, principalmente em crianças.
Para identificar a espécie é fácil. O “Tityus” possui as pernas e a cauda amarelo-claro e o tronco escuro.
No caso da localização de um escorpião em casa, o ideal não é tentar capturar o bicho. Se houver um acidente, o hospital de referência para a aplicação do soro é a Santa Casa. O encaminhamento deve ser feito o quanto antes. 
Fonte: Jornal Diário.




Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso.


Comentários

Veja também

Contato (14) 3722 8957 Endereço Rua Cherentes, 250 - 11° andar - sala 113. Tupã-SP Cep 17.600-090 e-mail: [email protected]