CulturaTodasMuseu de Varpa

Mariane Mariane3 de setembro de 2018
https://i1.wp.com/portal.maistupa.com/wp-content/uploads/2018/09/museu-de-varpa.jpg?fit=668%2C535&ssl=1
Museu Histórico “Janis Erdberges” traz uma exposição contendo o acervo da Dra. Margô Anderson, médica que atuou no Distrito. 
O Museu Histórico “Janis Erdberges”,  em Varrpa, traz uma nova exposição contendo acervo de Margô Anderson, médica que ajudou muito a região no passado e agora tem parte de sua história aberta ao público. 
A partir da doação de artefatos da médica, feita por Pedro Atanasov Filho, o Museu Histórico de Varpa contará com um novo acervo. Os objetos estão na família por gerações, tendo sido passados de Margô para Maria Atanasov, filha adotiva da médica e tia do doador, depois para Pedro Atanasov, e por fim para Pedro Atanasov Filho, que realizou a doação para o museu.
O acervo é composto por móveis, utensílios, fotos e documentos, que contam um pouco da vida da doutora e da população da época no distrito. Além da doação, Pedro forneceu informações sobre um período marcante do distrito.
A história de Margô
Em 1924, Margô Anderson se formou em medicina na Letônia e analisou a possibilidade de vir para o Brasil, após uma grande migração no ano de 1921. Após tomar ciência das condições que seus conterrâneos passavam no Brasil, a nova médica resolveu vir para cá e ajudá-los.
Em 1929, a médica chegou ao Distrito de Varpa e, com ajuda de seus companheiros de medicina, se destacou com seu trabalho humanitário através de atendimentos clínicos.
A médica era especializada em ginecologia, mas atuou também como clínica geral e realizou até amputações. Na ausência de um hospital e clínicas, ela cedia sua casa para a realização de atendimentos.
Para saber mais sobre essa e muitas outras histórias de Varpa, basta realizar uma visita ao Museu Histórico “Janis Erdberges”.  Lá, além do contato com o acervo, há profissionais com amplo conhecimento sobre a história de Varpa e do acervo presente no museu. 
O museu fica na Travessa do Rio do Peixe, no Distrito de Varpa, e fica aberto de quarta a domingo, das 12 às 18 horas.
Varpa
A falta de alimentação apropriada causou muitas mortes durante a colonização do Distrito da Varpa. Isso fez com que autoridades, que na época estavam com recursos escassos, pedissem ajuda aos imigrantes letos de Nova Odessa. Os letos de lá, para ajudar seus compatriotas, doaram vacas leiteiras. 
Não somente a alimentação inapropriada, mas as doenças tropicais atingiram fortemente os imigrantes, fazendo com que os mesmos instalassem em Varpa um ambulatório médico improvisado. A construção foi realizada com materiais disponibilizados pela população, uma vez que a cidade mais próxima, Assis, ficava a 87 quilômetros.
O contato e o aprendizado dos imigrantes com os médicos de Assis fizeram com que os tratamentos fossem mais rápidos e eficazes, e consequentemente a população estava mais sadia. 
Cobras que habitavam a região também atacavam os imigrantes, e estes não contavam com os antídotos, fazendo com que alguns morressem sem ao menos chegar perto da cura. O clima do País também fazia com que os imigrantes chegassem à exaustão rapidamente ao realizar tarefas cotidianas.
O chefe de Setor de Museus, André Prado, comentou que é muito importante destacar a  história de pessoas que contribuíram para o desenvolvimento do distrito. “Um dos papéis do museu é justamente este, resgatar e evidenciar memórias e histórias a respeito de pessoas ilustres, que fizeram diferença. A médica Margô contribuiu muito, através de seu serviço na área da saúde em uma época complicada e de extrema necessidade nesta área”, destacou André.
André convida a população para visitar e prestigiar o museu, apreciar a nova exposição e levar um pouco de conhecimento para casa. “Convido a população, de todas as idades, a visitar o museu, prestigiar a exposição e aproveitar e aprender um pouco mais sobre a história desses imigrantes”, convidou.
O secretário Municipal de Cultura, Renato Gonzalez, parabenizou o doador e falou sobre a riqueza histórica da nova exposição. “Parabenizo ao Pedro Atanazov Filho por realizar esta importante doação ao museu. A exposição mostra uma parte da história de Varpa e, consequentemente, de Tupã, conhecida por poucos. Uma época difícil para os imigrantes da Letônia na Varpa”, destacou. 
Renato ressaltou também a importância dos museus na sociedade atual. “Os museus são importantes para mostrar a história, seja para conhecimento, seja para reflexão, ou ainda para apreciação. A sociedade pode acompanhar a história através dos museus, e é por isso que buscamos sempre dar uma atenção especial a eles”, destacou.
Créditos: Jornal Diário de Tupã

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso. https://portal.maistupa.com/termos-de-uso-comentarios-facebook/


Comentários

Veja também

Contato (14) 3722 8957 Endereço Rua Cherentes, 250 - 11° andar - sala 113. Tupã-SP Cep 17.600-090 e-mail: [email protected]