PolíticaTodasTupã Country Clube

Mais Tupã Mais Tupã28 de maio de 2018
https://i1.wp.com/portal.maistupa.com/wp-content/uploads/2017/02/country2.jpg?fit=668%2C535&ssl=1

Governo Ricardo Raymundo deve revitalizar o Tupã Country Clube apenas em 2019. 

No mês de agosto de 2015, o terreno de 7 alqueires do antigo Country Clube, localizado no Distrito de Parnaso, foi transferido para a Prefeitura de Tupã que, para assumir o imóvel, teve que pagar uma dívida de R$ 146 mil, gerada por encargos trabalhistas de seus antigos donos.
Há cerca de três anos, o terreno estava avaliado em cerca de R$ 2 milhões. A prefeitura recebeu o patrimônio praticamente sem custo, porque tinha um projeto de instalar um atrativo no local.
O governo do prefeito José Ricardo Raymundo assumiu o Poder Executivo em janeiro de 2017 com a proposta de reativar o antigo Country Clube. O convênio firmado com o DADE (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias) previa repasses de R$ 2,7 milhões para revitalização do empreendimento.
A prefeitura abriu processo licitatório e contratou a empresa responsável pela obra. Mas até o momento, os trabalhos não foram iniciados.
A prefeitura anunciou propostas de projetos, publicou vídeo com informações de como seria o novo Country Clube. 
O prefeito destacou que o clube contaria com novos atrativos, reformas, revitalização da represa, construção de quiosques, entre outros dispositivos a serem implantados no local. Porém, nada disso foi executado.
Ao conhecer as dificuldades enfrentadas na possível revitalização do antigo Country Clube, a prefeitura mudou seus planos e hoje pretende readequar o projeto.
As obras não foram iniciadas, mas o poder público já definiu que o projeto precisará de melhorias, com a necessidade de novos aditivos que irão encarecer ainda mais a obra milionária.
Para executar a nova proposta, a prefeitura irá readequar o projeto inicial, criar aditamentos que poderão fazer a obra ter custo superior a R$ 3 milhões.
Vale lembrar que, devido ao ano político-eleitoral, o governo estadual não poderá repassar recursos para projetos às prefeituras  no período de três meses antes das eleições, que ocorrerão no mês de outubro. Ou seja, apenas a burocracia enfrentada para readequação do projeto, formulação de novo convênio, abertura de nova licitação e início das obras já compreenderiam um período de praticamente seis meses. 
Dessa forma, incluindo os prazos do ano político-eleitoral, o início das construções para revitalização do novo Country Clube de Tupã ficará apenas para o ano que vem e, ainda, com valor superior ao projeto inicial.

Isso se a obra for realizada, porque depois de pronta será preciso investir na manutenção do projeto, que exigirá ainda recursos para a contratação de servidores. A terceirização seria uma alternativa, mas não parece haver empresas interessadas nessa proposta.

Fonte: Jornal Diário de Tupã





Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso.


Comentários

Contato (14) 3722 8957 Endereço Rua Cherentes, 250 - 11° andar - sala 113. Tupã-SP Cep 17.600-090 e-mail: [email protected]

error: Content is protected !!