NacionalNotíciasTodasOperação – Luz na infância 2

Mariane Mariane17 de maio de 2018
https://i1.wp.com/portal.maistupa.com/wp-content/uploads/2018/05/1-6.jpg?fit=668%2C535&ssl=1

Operação de combate à pornografia infantil prende 251 pessoas no país. Um homem foi preso na cidade de Marília.

maior operação de combate à pornografia infantil na história do Brasil prendeu 251 pessoas, em flagrante, até as 18h desta quinta-feira (17) em todo o país. O dado é do Ministério Extraordinário da Segurança Pública.

O número final pode ser ainda maior. Até o fim da tarde, policiais civis de 24 estados e do Distrito Federal ainda trabalhavam para cumprir mandados e checar apreensões. O balanço final da operação deve ser divulgado nesta sexta (18).

Operação Luz na Infância 2 (Foto: Arte/G1)

De acordo com o ministério, foram presas 128 pessoas na região Sudeste, 47 no Nordeste, 38 no Sul, 21 no Centro-Oeste e 17 na região Norte. Os dados por estado também só serão divulgados nesta sexta.

“Nas capitais, equipes das policiais civis seguem trabalhando para checar e contabilizar conteúdos apreendidos para instrução de inquéritos”, diz o ministério.

“Pela primeira vez na história, temos informações para produzir estatísticas nacionais na área de segurança, possibilitando o desenvolvimento de um plano nacional de segurança pública e defesa”, disse o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann.

Até então, segundo ele, os documentos existentes não eram analisados de forma conjunta pelos órgãos nacionais de segurança.

Foram cumpridos 579 mandados de busca e apreensão no Distrito Federal e em 24 estados – apenas Paraná e Rio Grande do Norte não estão na operação.

O principal alvo da polícia nesta quinta-feira (17) foi preso em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, com 780 mil arquivos baixados.

A ação nacional intitulada Luz na Infância 2 é coordenada pelo Ministério Extraordinário da Segurança Pública e realizada pelas polícias civis de cada estado. Segundo o ministro Raul Jungmann, 1 milhão de arquivos foram analisados.

Ao todo, 2,6 mil policiais de todo o país fazem apreensão de arquivos com conteúdos relacionados a crimes de exploração sexual contra crianças e adolescentes. Suspeitos também estão sendo detidos em flagrante.

Os alvos foram identificados pela Diretoria de Inteligência da Secretaria Nacional de Segurança Pública com base em elementos informativos coletados em ambientes virtuais. A operação é realizada na véspera do Dia Nacional de Combate à Violência e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Parte dos presos é reincidente no crime, mas a maioria deles nunca havia sido detido, devido à dificuldade para rastrear esse tipo de material – parte dele está na “dark web”, acessível apenas por meio de programas específicos e impossível de ser visto por mecanismos de busca tradicionais.

Por razões de segurança, o diretor de inteligência da Secretaria Nacional de Segurança Pública, Carlos Afonso Gonçalves Coelho, não detalhou a forma como os arquivos foram encontrados. “O que posso dizer que é estamos fazendo, desde o ano passado, capacitação do efetivo e desenvolvimento de novas tecnologias”, afirmou.

Região

A DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) de Marília cumpriu dois mandados de busca e apreensão na cidade nesta quinta-feira (17), em participação na operação Luz da Infância 2, que acontece em todo o país.

No começo da manhã um homem, que não teve a identidade revelada, foi preso em flagrante num condomínio residencial no bairro Altos do Palmital.

No momento das buscas ele estava fazendo download de material envolvendo exploração sexual de menores de idade, como foi constatado por um perito que acompanhou o cumprimento dos mandados.

Também são analisados computadores apreendidos com um segundo suspeito, no bairro Fragata, zona Sul de Marília. A princípio não foram encontrados materiais proibidos, mas os arquivos podem ter sido apagados.

De acordo com o delegado seccional Wilson Frazão, o setor de inteligência da Polícia Civil indicou que o computador do suspeito era utilizado para troca de pornografia infantil. Ele é investigado e pode ser processado criminalmente.

Foram apreendidos diversos pen drives e cartões de memória e pelo menos três CPUs e três notebooks, além de celulares, CDs e DVDs.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso. https://portal.maistupa.com/termos-de-uso-comentarios-facebook/


Comentários

Veja também

Contato (14) 3722 8957 Endereço Rua Cherentes, 250 - 11° andar - sala 113. Tupã-SP Cep 17.600-090 e-mail: [email protected]