EsportesTodasAlana Maldonado

Mais Tupã Mais Tupã24 de abril de 2018
https://i1.wp.com/portal.maistupa.com/wp-content/uploads/2018/04/alana5.jpg?fit=668%2C535&ssl=1

Judoca tupãense é vice-campeã da  Copa do Mundo de Judô para Deficientes Visuais que aconteceu na Turquia. Atualmente Alana é atleta do Palmeiras. 

Em sua segunda competição internacional na temporada, Alana Maldonado, infelizmente perdeu a final da Copa do Mundo de Judô para Deficientes Visuais, realizada no último fim de semana, na cidade de Antalya, na Turquia. Líder do ranking na categoria até 70 quilos foi derrotada na decisão da medalha de ouro pela russa Olga Zabrodskaya. As duas se enfrentaram pela quinta vez na história e a judoca nascida em Tupã leva vantagem (3 a 2).

“Essa competição foi bem difícil para mim, porque me machuquei o joelho logo na primeira luta. Senti muita dor, muita insegurança e medo, mas graças a Deus cheguei até a final. Na última luta o nível de dor e insegurança eram grandes e não consegui fazer um bom combate. Mesmo assim, pelas circunstâncias, fiquei contente com o resultado”, declarou a atleta de 22 anos, que compete pela Sociedade Esportiva Palmeiras.

Alana havia sido medalha de ouro na Copa do Mundo de 2017 no Uzbequistão e buscava o bicampeonato na Turquia. Ela chegou a vencer a turca Raziye Ulucam e a sul-coreana Gaeun Lee. Em março, foi campeã do Grand Prix Internacional, disputado em São Paulo. Em maio a judoca vai participar do Campeonato Pan-Americano, em Calgary, no Canadá. “O foco de agora é treinar forte para o Pan. Tem um mês até lá, tempo suficiente para recuperar a lesão e buscar mais uma medalha na carreira”, explicou. 

A atleta tupãnese é a atual medalhista de prata nos Jogos Paraolímpicos do Rio de Janeiro. Mesmo subdivididos em peso, os judocas deficientes visuais são classificados em três níveis: B1 (completamente cego e não consegue ver nem distinguir o formato de uma mão, visto ter percepção luminosa nula), B2 (consegue ver vultos e distinguir o formato de uma mão – caso de Alana) e B3 (capaz de definir imagens). 

Alana, mesmo sendo nascida em Tupã compete atualmente pela equipe do Palmeiras, onde treina e pela cidade de Marília, pois recebe incentivos da prefeitura daquela cidade.

Fonte: Jornal da Manhã de Marília

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso. https://portal.maistupa.com/termos-de-uso-comentarios-facebook/


Comentários

Veja também

Contato (14) 3722 8957 Endereço Rua Cherentes, 250 - 11° andar - sala 113. Tupã-SP Cep 17.600-090 e-mail: [email protected]